Notícias

07/11/2016

Disque Denúncia – 181 recebe comitiva de Tóquio

Na tarde desta segunda-feira o Disque Denúncia – 181 recebeu a comitiva de Tóquio, que cumpre agenda de visitas e palestras durante todo o mês de novembro em Curitiba, que está conhecendo as atividades sociais desenvolvidas pela Polícia Militar.

O objetivo da visita é a troca de experiências sobre procedimentos de planejamento, estratégia e execução de ações de segurança pública comunitárias, e conhecer as boas práticas adotadas pela Polícia Militar do Paraná, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) e com a Japan International Cooperation Agency (JICA), que possibilitou a visita de peritos da Polícia de Tóquio à Capital do estado.

Nos últimos anos a doutrina de polícia comunitária tem sido aplicada nas ações preventivas de segurança pública da Polícia Militar do Paraná.
A visita iniciou-se na manhã desta segunda-feira (07/11) no quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Paraná, com a recepção do Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato, acompanhado pelo Chefe da 5ª Seção do Estado Maior e Coordenador de Polícia Comunitária, tenente-coronel Vanderley Rothenburg, que acompanhou a visita ao Disque Denúncia – 181, no prédio da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária. Estiveram presentes ainda, o Major Adilson Correa, Coordenador do Centro Integrado de Comando e Controle Regional e da investigadora de polícia Marili Cavalheiro Mendes, também  foram recepcionados os peritos da Polícia de Tóquio atuantes na JICA, Hisami Ohashi e Yoshiyuki Nakatani, acompanhados pela tradutora Motoko Tomita.

O grupo foi recepcionado pelo Coordenador Estadual do Disque Denúncia – 181, Capitão Edivan Fragoso, que explanou sobre o trabalho desenvolvido pelo programa 181 no Paraná. “As denúncias coletadas pelo Disque Denúncia – 181, além de servirem como ferramenta no trabalho de planejamento de ações e investigações policiais, atua ainda no lado social na medida em que recepciona relatos sobre a violação de direitos, seja de idosos, mulheres, crianças ou adolescentes” ressaltou. A denúncia além de ser tratada pelos órgãos vinculados à Secretaria de Segurança Pública é enviada, em alguns casos, para a Secretaria da Família, Trabalho e Desenvolvimento Social e para Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

Atualmente 45 (quarenta e cinco) tipos de crimes podem ser denunciados. As denúncias podem ser feitas tanto pelo telefone 181 ou pela internet, através do site www.181.pr.gov.br.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.